Blog do Grupo de Teatro Cemitério de Automóveis
     
Histórico
28/06/2009 a 04/07/2009
14/09/2008 a 20/09/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
09/12/2007 a 15/12/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
01/08/2004 a 07/08/2004
25/07/2004 a 31/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
02/05/2004 a 08/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
07/03/2004 a 13/03/2004
Outros sites
Cemitério em Cenas
Mário Bortolotto
Fernanda D´Umbra
Marcelo Montenegro
Bactéria
Marcello Amalfi
Paulinho Pankada
Marisa Lobo Viana
Teatro dos Satyros
Parlapatões
G7
Grupo Folias
Armazem
Sutil Companhia de Teatro
Mauro Mello
Sebastião Millaré
Sam Shepard
Eric Bogosian
David Mamet
Jim Jarmusch


O que é isto?
 


E a Flávia também nos mandou um e-mail com suas impressões sobre a peça:

O que restou de mim...depois dessa peça? Sensacional!!! Sai de lá com os neurônios a mil por hora.

Em quantos “tipos” daqueles, a gente não esbarra todos os dias por ai...e que “tipo” eu sou agora??

Após ter testada minha fé, constatei que ponho fé mesmo nesses talentos maravilhosos que são: Mario, Fernandinha e todo o grupo do Cemitério. E o que restou mesmo foi a paixão pelo teatro. Parabéns a todos!!!!

                        (Flavia Klassa).



 Escrito por Cemitério de Automóveis às 04h53
[] [envie esta mensagem]




E quem também esteve no Teatro na Terça-Feira assistindo a peça, foi o Alexandre (irmão do Marcelo Montenegro). Ele escreveu em seu blog sobre a peça. Transcrevo aqui:

 

Aquele que não for um grande filho da puta, que não merecer um tridente espetado no rabo, que nunca pecou, que atire a primeira pedra!!” gritou o Padre...

Silêncio , uma golada da garrafinha de pinga que o Negão carregava, e um batalhão de coisas turbilhando na cabeça. Ontem fui ao teatro. Já tinha adiado demais pra assistir o espetáculo O QUE RESTOU DO SAGRADO, do Grupo Cemitério de Automóveis. Mais um texto brilhante do Mario Bortolotto , e uma apresentação demolidora , de um elenco que dispensa qualquer tipo de comentário. Ri pra caralho em algumas partes, em outras sufoquei meu choro. Ainda estou digerindo aquilo tudo, ainda estou juntando os meus cacos lentamente pra não perder a ordem (?!). Saí da peça com um monte de coisas engasgadas, e quando encontrei o pessoal no bar ao lado, a única coisa que consegui falar pro Mario foi: “ Cara, parabéns, muito boa a peça”. Acho que nem tinha muito o que falar, mas acho que ele sacou o quanto eu gostei de tudo aquilo. Seria meio que simplista demais eu chegar aqui e relatar minhas impressões sobre o espetáculo, mas não.  Meu papel aqui não é esse. Cabe a mim convidar a todos que se embrenham aqui nesse Destilado a assitir O QUE RESTOU DO SAGRADO, pra trazer a tona suas próprias impressões, e se engasgar com seu próprio veneno...Genial Marião!

 

Ah, e de quebra ainda tem a cervejinha com o elenco no final da peça, lá no La Barca, ao lado do teatro. E eu não podia deixar de registrar que foi muito bom tomar umas e bater um papo com o Mario, a Fernanda, o Wiltão, o Bactéria, o Ademir , enfim, com toda a rapaziada. Du caralho! Aquele abraço !

 



 Escrito por Cemitério de Automóveis às 04h11
[] [envie esta mensagem]




E a Patricia assistiu a peça ontem e nos mandou um coments. Valeu, Patricia. Tá aí:

Oi,Cemitério!!! Sou atriz e amiga do Laerte que é muito amigo de vocês.Mas o que importa é que assisti ao espetáculo ontem,na primeira fila.Tão rápido,tão podre,tão triste e tão belo.Não sei se o desespero dos gritos que não aliviavam nunca vinha dos atores,das personagens ou da minha cabeça oca que também tem esperança de ser salva.Se o inferno é a dúvida,então queimemos juntos até o fim.Com uma cervejinha nos chifres para refrescar!Abração e longa vida ao Cemitério de Automóveis.
patricia leonardelli | patricia.leonardelli@ig.com.br |  10/11/2004 12:19



 Escrito por Cemitério de Automóveis às 13h31
[] [envie esta mensagem]




HOJE TEM "O QUE RESTOU DO SAGRADO".

Terças e Quartas

Às 21h30

Ingresso: R$ 10,00

Recomendação: 16 anos

 

Espaço dos Satyros

Praça Roosevelt, 214
Tel: (11) 3258-6345




 Escrito por Cemitério de Automóveis às 09h47
[] [envie esta mensagem]




HOJE TEM "O QUE RESTOU DO SAGRADO".

Terças e Quartas

Às 21h30

Ingresso: R$ 10,00

Recomendação: 16 anos

 

Espaço dos Satyros

Praça Roosevelt, 214
Tel: (11) 3258-6345




 Escrito por Cemitério de Automóveis às 09h47
[] [envie esta mensagem]


[ ver mensagens anteriores ]