Blog do Grupo de Teatro Cemitério de Automóveis
     
Histórico
28/06/2009 a 04/07/2009
14/09/2008 a 20/09/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
09/12/2007 a 15/12/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
01/08/2004 a 07/08/2004
25/07/2004 a 31/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
02/05/2004 a 08/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
07/03/2004 a 13/03/2004
Outros sites
Cemitério em Cenas
Mário Bortolotto
Fernanda D´Umbra
Marcelo Montenegro
Bactéria
Marcello Amalfi
Paulinho Pankada
Marisa Lobo Viana
Teatro dos Satyros
Parlapatões
G7
Grupo Folias
Armazem
Sutil Companhia de Teatro
Mauro Mello
Sebastião Millaré
Sam Shepard
Eric Bogosian
David Mamet
Jim Jarmusch


O que é isto?
 


E HOJE TEM CHAPA QUENTE

A foto é de Jo Capusso

CHAPA QUENTE

Texto : André Kitagawa

Adaptação e Direção : Mário Bortolotto

Elenco : Gabriel Pinheiro, Marisa Lobo Viana, Erika Puga, Marcos "Arroba" Amaral, Paulo "Picanha" de Tharso, Martha Nowill, Walter "Figueiredo" Batata, Francisco Eldo Mendes, Paulinho "Pankada" Faria, Mário Bortolotto.

Sonoplastia : Mário Bortolotto

Iluminação : Mário Bortolotto e Marcelo Montenegro

Operação Técnica : Marcelo Montenegro

Operação de Imagens : Douglas Kim

Cenotécnica : Régis "NêgaDete" dos Santos

Produção : Fernanda D´Umbra

Assist. de Produção : Paulo F

Sábado : 21h

Domingo : 20h

No Centro Cultural São Paulo (Sala Ademar Guerra / Porão)

 

Ingresso : R$ 15

Até 29/04



 Escrito por Cemitério de Automóveis às 12h10
[] [envie esta mensagem]




MARATONA

Sexta-Feira Santa. É hoje. Lembro do meu tempo de seminário. Era um dia que a gente ficava quieto, uma espécie de retiro espiritual. Lembro do barulho dos pássaros no campo de futebol. Eu andava pelo campo de futebol sozinho e fazia de conta que tava rezando. Vai ver eu até tava, mas não do jeito que o Padre gostaria que eu estivesse. Eu tava rezando do meu jeito. Eu sempre fiz as coisas do meu jeito. Pode não ser o jeito mais certo do mundo e com certeza não é o jeito que vai me deixar com um sorriso escancarado deitado na rede de barriga pra cima. Mas é o meu jeito e foda-se. Sempre paguei por isso. Não sou do tipo que pendura as contas no boteco. Se eu não tiver pra beber, algum amigo vai pagar pra mim, mas sem essa de "pago amanhã". E olha que eu tenho um certo crédito nos botecos. Mas eu tava falando do que mesmo? Ah, da Sexta-Feira Santa e de como eu ficava em silêncio. Hoje é sexta-feira santa e eu não vou ficar em silêncio. Hoje vou trabalhar o dia inteiro e vou beber um vinho entre os trampos numas de me lembrar dos meus tempos de seminário quando eu saqueava a cozinha e roubava vinho pra beber com os camaradas. O vinho dos padres era bem legal. Acho que eu não vou pro inferno por causa disso. Hoje vou trabalhar pra caralho. O negócio é o seguinte. Os malucos dos "Satyros" inventaram um negócio chamado "E se fez a Praça Roosevelt em 7 dias" (ou algo assim) e aí me convidaram pra participar da bagaça. São 7 peças de sete autores diferentes com 7 diretores. E essas peças vão ser exibidas nos 7 dias da semana durante dois (ou três?) meses sempre às 19 horas (7 da noite, tá ligado?). Só que nessa sexta-feira santa (hoje) acontece a abertura do Projeto e os malucos dos "Satyros" resolveram que todas as peças serão exibidas hoje. Isto é, tô escrevendo este texto e o Reinecke tá estreando a peça do Mário Viana. Vou dormir um pouco (porque ainda não dormi merda nenhuma), vou acordar, tomar um banho e ir pro teatro porque exatamente às 18h vou estar em cena na peça "Impostura" da Marici Salomão.

IMPOSTURA

Texto > Marici Salomão

Direção > Fernanda D´Umbra

Com > Mário Bortolotto, Patrícia Leonardelli e Fernanda D´Umbra

Assistência de Direção > Samya Ennes

Iluminação > Celso Melez

Trilha Sonora > Fernanda D´Umbra

Operação técnica > Alessandro Bartel (Robocop)

HOJE - 18h

ESPAÇO DOS SATYROS

Praça Roosevelt, 214

A parada é a seguinte.  A mulher (Fernanda) trabalha num boteco e sustenta o marido (o bebum que vos escreve) que é escritor e tá naquelas crises de criação . Então ela traz uma outra guria (Patricia) pra casa e aí começa o inferno.

Aí saio de lá e vou pro Centro Cultural São Paulo pra apresentar a peça "Ovelhas que voam se perdem no céu" dentro da IV Mostra Cemitério de Automóveis.

OVELHAS QUE VOAM SE PERDEM NO CÉU

Texto : Daniel Pellizzari

Adaptação e Direção : Mário Bortolotto

Elenco : Pedro Vicente, Pablo Perosa, Tainá Muller, Wladimir Trevizzano, Thiago "Carcacinha" Pinheiro, Zeza Mota, Ralph Maizzo, Alessandro "Robocop" Bartel, Fábio "Xepa" Espósito, Walter "Batata" Figueiredo, Didio Perini, Ziza Brizola, Paulo "Deus" Jordão, Mari "Apucarana", Fernanda D´Umbra e Nelson Peres.

Quinta e Sexta

No Centro Cultural São Paulo (Sala Ademar Guerra / Porão)

21h

Ingresso : R$ 15

Até 13/04

Aí volto correndo pro Teatro dos Satyros pra estrear o meu último texto. O nome é "Uma pilha de pratos na cozinha" e a bagaça é a seguinte. Uma garota tá morrendo. Doença terminal, tá ligado? E ela vai pra casa do ex-namorado. O que ela tem pra contar não é exatamente um conto de fadas. Quem tiver a fim, tá convidado.

Tenho perseguido esse tema. A Morte. Os anos passam. Alguns amigos se despedem e o tema parece puxar minhas meias de madrugada enquanto balanço na rede. Então vou até o computador e teclo com certo desespero e alívio. E a pilha de pratos vai crescendo na cozinha. E as embalagens de pizza e as garrafas vazias e latas amassadas. Ando até a janela e ouço os gritos que vem da rua. Me sinto inacreditavelmente vivo. Então escrevo, não sem antes abençoar fantasmas e alucinações. Não sei mais nenhuma oração, mas eu rezo muito.

Hoje às 2 da madruga

UMA PILHA DE PRATOS NA COZINHA

Texto, Direção, Sonoplastia e Iluminação : Mário Bortolotto

Elenco : Paula Cohen, Otávio Martins, Alex Gruli e Edu Chagas

Operação Técnica : Alessandro "Robocop" Bartel.

ESPAÇO DOS SATYROS

Praça Roosevelt, 214

 

 

 




 Escrito por Cemitério de Automóveis às 14h39
[] [envie esta mensagem]




FELIZES PARA SEMPRE - AGORA VAI

foto de Norberto Avelaneda

Nelsinho esteve ensaiando com a Bárbara ontem e disse que a voz dela tá melhor. Isso quer dizer que hoje estréia finalmente a peça "Felizes para Sempre", se Deus quiser e o Porão deixar. A peça mostra três cenas com três casais. O tipo de casal condenado irremedíavelmente a uma espécie de felicidade que poucos almejam, mas que é a única que eu acredito que possa existir. Quem está falando aqui não é exatamente um dramaturgo que escreve novelas pra televisão, então não esperem nada do tipo "espero que estejam todos gozando de boa saúde no seio familiar". A tormenta é outra. Tem gente que ainda espera mais da vida. Eu há muito tempo sei até onde é possível andar sem rolar montanha abaixo. E olha que eu ainda escorrego pra caralho.

FELIZES PARA SEMPRE

Texto e Direção : Mário Bortolotto

Speak Easy

Com Barbara Paz e Nelson Peres

O Rei do Amor está morto

com Chris Couto e Marcos Cesana

Sweet Emily

com Fernanda D´Umbra e Mário Bortolotto

Sonoplastia e Iluminação : Mário Bortolotto

Operação Técnica : Marcelo Montenegro

Cenotécnica : Régis "NêgaDete" dos Santos

Produção : Fernanda D´Umbra

Assist. de Produção : Paulo F

Terça e quarta : 21h

Centro Cultural São Paulo (Porão / Sala Ademar Guerra)

Rua Vergueiro, 1.000 (Metrô Vergueiro)

Ingressos  R$ 15

Até dia 11/04

 



 Escrito por Cemitério de Automóveis às 01h28
[] [envie esta mensagem]


[ ver mensagens anteriores ]